A Oração: Não nos deixes cair em tentação (Mateus 6:13)

#Estudo #Esboço #Explicação #Sermão #Mensagem #Pregação #Meditação #Devocional #O que é #Significado #Comentário #Bíblia #Pai nosso #Oração #Por que orar #Como orar #Estudo sobre Oração #Estudo bíblico Oração #Tentação #Tentações #Livra-nos

"[...] e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal" Mateus 6:13.

 Introdução 

Neste estudo veremos a última parte da oração modelo de Jesus, em que ele nos ensina a orar pedindo a Deus que nos livre das tentações e do mal. Veremos, a seguir, um pouco mais sobre esta palavra de Jesus. 

 Não nos deixes cair em tentação 

A primeira oração desta frase é "Não nos deixes cair em tentação". No original grego, porém, o sentido desta frase é "não nos conduza às tentações". Sabemos, através da palavra, que Deus pode nos conduzir às tentações para que a nossa fé seja provada e certo é que todos quantos creem no Senhor Jesus de todo o seu coração terão a sua fé provada por Deus. A prova disso está em Mateus quando Jesus vai ao deserto: "A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo" Mateus 4:1.

Na maioria das vezes este tipo de condução do Espírito Santo serve para que Deus comprove que estamos aptos a servi-Lo de forma íntegra. Este foi o caso com Jesus. Logo após ser conduzido ao deserto para ser tentando, onde também obteve a vitória sobre o inimigo, ele passou a servir e curar dando inicio ao seu ministério. É por isso que cursar uma faculdade teológica apenas te torna um teólogo e nada além disso. Para que o crente esteja apto ao ministério e ao serviço ele precisa ser provado e sair vitorioso em todas as coisas assim como Jesus venceu.

Muitas vezes estas tentações são necessárias e fazem parte do plano eterno da vontade de Deus, além de demonstrar que todas as coisas estão sujeitas a Ele, até mesmo as nossas tentações. Porém, devemos entender que nem todas as situações negativas que vivemos são tentações. Esta palavra trata daquele momento específico em que o Espírito nos conduz ao deserto. Nesse momento devemos orar a Deus para que a nossa fé não desfaleça, pois estes momentos virão.

No exemplo de Jesus percebemos que ele foi levado ao deserto onde jejuava e teve fome ao fim de quarenta dias, momento em que foi tentado. Devemos orar para que Deus não nos conduza às tentações, pois estes são momentos de grande dor, fome e guerra espiritual e teremos grande dificuldade em ter vitória nestes momentos. Caso o espírito nos conduza às tentações devemos permanecer firmes contra os intentos do diabo e, assim como Jesus, nos fortalecer com orações e jejuns orando sempre no espírito para que Deus nos fortaleça. Apenas assim seremos vitoriosos nestes momentos.

 Livra-nos do mal 

A segunda parte da oração é um pedido para que Deus nos livre do mal. Muitas pessoas acham que este 'mal' é o diabo ou coisas semelhantes, mas o original nos mostras que este 'mal' é o 'dia mal'. Por dia mal podemos entender o momento onde somos atribulados, provados e perseguidos. Devemos orar a Deus para nos livrar deste momento por sobre a face da terra. Sabendo, porém, que se necessário, o Senhor irá nos provar com toda sorte de provações.

"Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo" 1 Pedro 1:6-7.

Pedro, ao escrever sua primeira epístola, escreve aos irmãos durante um tempo de grande perseguição à Igreja primitiva. Novamente este tempo serve para que Deus prove a nossa fé enquanto Igreja. Quisera Deus que nós vivamos em paz e tranquilidade O servindo e amando de todo o nosso coração. Porém, para que se cumpra a sua santa palavra, é necessário que muitos sejam purificados, e embranquecidos, e provados. Também é necessário que os ímpios procedam impiamente, conforme temos visto. Nenhum deles, entretanto, entenderá quando vier a provação. E a glória deles se derramará como o pó da terra no grande Dia do Senhor. Os sábios, porém, resplandecerão como filhos da alva; e virão apressadamente neste Dia.

Vem Senhor Jesus e cumpre sobra nós o teu propósito. Se possível, livra-nos do mal. Mas seja feita a tua vontade sobre todos os moradores da Terra. Amém!

Comentários