O pendor da carne e do Espírito | Romanos 8:6


Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz | Romanos 8:6

Recentemente me peguei pensando sobre quais seriam os problemas da nossa era em relação à vida com Deus. Ou seja, quais são os problemas que impedem que a nossa geração viva o evangelho em sua integralidade. Naturalmente você pensaria no pecado, e não estaria de todo enganado. O pecado separa o homem de Deus e isso, por si só, impede que a maioria dos irmãos atinjam a maturidade espiritual.

Como temos visto no estudo Confirmando nossa vocação e eleição, o domínio próprio é um dos degraus para subirmos a grande montanha da salvação. Ele também é um dom espiritual e, naturalmente, para receber de Deus um dom espiritual devemos andar em Espírito. E quando falamos sobre andar em Espírito o cerne do texto de Romanos capítulo oito talvez seja o versículo seis quando Paulo menciona o pendor da carne e do Espírito. Através disso entendemos que o caminho para vida e paz é a inclinação do nosso coração. Veja que ele não diz nada além da nossa inclinação de coração. Quando a inclinação do nosso coração está correta o Espírito Santo se prontifica a realizar uma limpeza em nossa vida e vamos sendo transformados à imagem de Jesus.

E aqui reside um grande mistério que devemos entender. Se a inclinação do nosso coração estiver correta, o pecado não será um problema. Há um motivo para isso: se Jesus morreu de uma vez por todas pelos nossos pecados, então o pecado não pode mais ser um problema. Se você acompanha nossas publicações, lembrará da meditação Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus. Nesta meditação nós percebermos a importância fundamental da fé na justificação do homem. Veja que não seremos justificados por nossas obras, mas pela fé na obra derradeira do Rei Jesus na cruz. Por isso Paulo concluí: "mas onde abundou o pecado, superabundou a graça, a fim de que, como o pecado reinou pela morte, assim também reinasse a graça pela justiça para a vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor" Romanos 5:20-21.

Este é o inicio do caminho da justiça e a base da fé em Cristo Jesus. Todos nós somos pecadores até nossa morte ou até a transformação do corpo mortal no Dia do Senhor. Ou seja, estamos presos em um corpo de morte. O que está em questão, entretanto, é para onde está inclinado nosso coração. Não podemos escolher não pecar, porque ainda vivemos em um corpo maculado pelo pecado, mas podemos escolher andar em Espírito. E é quando andamos em Espírito que podemos viver como Jesus cumprindo toda a lei de Deus e nos libertando do domínio do pecado. Mas se tornar livre do domínio do pecado não significa que estaremos sem pecado até a vinda de Jesus. Se ainda vivemos em um corpo de pecado, ainda que estivermos livres do seu domínio, estaremos propensos a pecar ocasionalmente.

Esta é a maravilha do evangelho de Cristo Jesus. Não importa o quanto nos enchemos do Espírito Santo, ainda estaremos propensos ao pecado. E é ótimo perceber isso porque aqui reside um mistério: apenas Jesus viveu sem pecado. Todos os outros homens sobre a terra foram igualados debaixo do pecado e não há distinção entre nenhum deles, do maior ao menor. Por isso foi dito: "Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se" Apocalipse 22:11. Esse versículo nunca havia feito sentido de verdade pra mim até escrever este texto. Essa perseverança, que também é um passo no caminho da justiça, é fundamental exatamente porque enquanto estivermos vivos neste corpo, estaremos propensos ao pecado. 

O único caminho para se livrar desse domínio do pecado é se voltar ao Espírito Santo. Dessa forma a nossa vida será inundada pela natureza eterna do Deus vivo. A natureza pecaminosa do velho homem dará lugar a natureza divina do novo homem, criado em Deus para boas obras. E aqui podemos observar que quando entendemos que somos pecadores, devemos nos inundar de humildade e que ela é, sem duvida alguma, um grande indício que estamos no caminho da justiça.

Mas perceba que todo esse processo te levará a uma posição diferente. Ao invés de colocar sua força no pecado, para vencê-lo, você colocará sua força e energia em se renovar no Espírito Santo. Isso irá permitir que a vida de Deus transforme nossa natureza pecaminosa. Todo esse processo é muito bem explicado e minunciosamente detalhado por Paulo em sua carta aos Romanos. Mas foi na carta aos Efésios que Paulo nos trouxe um ensinamento sobre isso, sobre como nos encher do Espírito: "E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo" Efésios 5:18-21.

Para nos encher do Espírito, Paulo nos ensina a falar entre nós com salmos, louvar ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dar graças por tudo ao nosso Deus e nos sujeitar uns aos outros. Tudo isso é de igual importância. Mas há um segredo aqui que foi extirpado das denominações, porque de outra forma não haveria dominação religiosa. A igreja é de Cristo. Não existe nenhuma hierarquia como os homens postulam por ai. Somos todos pecadores carentes da glória de Deus. Por isso a submissão precisa ser mútua sempre, não importa quem seja. Porque se em um momento eu me perco no pecado, eu preciso do meu irmão para me ajudar a me erguer. E igualmente, quando meu irmão se perde, ele precisa dos irmãos para lhe indicar o caminho. Esta é a perfeição da Igreja gloriosa do Cordeiro e uma das formas de se encher do Espírito Santo. Um amigo observou que quando nos submetemos uns aos outros, naturalmente daremos primazia ao Espírito Santo e por isso podemos, enquanto grupo, nos encher do Espírito.

"Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, de quem todo o corpo, bem-ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor" Efésios 4:15-16.

Postar um comentário

0 Comentários