A chegada da apostasia e a manifestação do anticristo (2 Tessalonicenses 2:1-3)

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Comentário #Significado #Características #Sermão #Pregação #Mensagem #Palavra #Meditação #Devocional #Catequese #Versículos #Bíblia #Evangelho #Evangélico #Evangélica #Cristão #Cristo #Jesus #Deus #Tessalonicenses #Apostasia #FimDosTempos #Iniquidade #Anticristo #Perdição

"Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição" 2 Tessalonicenses 2:1-3.

 Introdução 

Hoje, após muito tempo, estou voltando a escrever, porém com grande temor. O Deus do céu não retém a sua misericórdia para conosco e por isso revela a urgência do tempo em que vivemos. Leia esse texto com temor e atenção. O tempo é chegado!

 A apostasia 

A carta de 2 Tessalonicenses, trata sobre um tema interessante: a apostasia. No texto, percebemos que Paulo remete a este acontecimento como um evento futuro, distante do tempo dos apóstolos. O significado da palavra apostasia é o abandono da fé. Porém, a tradução amplificada também retrata o sentido como "a grande rebelião" ou o "abandono da fé, por cristãos confessos".

Se unirmos estas informações, podemos afirmar que a apostasia seria um evento futuro, em que haveria grande rebelião e abandono da fé por muitos irmãos em Cristo e pela maioria dos homens sobre a terra. Em outros palavras: "e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará" Mateus 24:12.

A cada dia que passa notamos como vivemos este momento da história. O Espírito de Deus, principalmente, testifica que chegou o tempo da apostasia. E basta observar de perto que podemos identificá-la facilmente, principalmente, nas novas gerações. O importante é ser feliz e satisfazer a sua vontade. Não há mais recato, temor, respeito ou qualquer coisa do gênero. Não há nada. Tudo que existe é o desejo pessoal e egoísta. Cada um deles é seu próprio deus.

Como já estudamos neste blog, vivemos em Tempos de Laodiceia. Momento em que a Igreja é morna, cega e pobre. E não a toa, também a última era da Igreja sobre a terra. Por isso não seria coincidência se também neste período viesse a apostasia e consequentemente, o homem da iniquidade.

 O homem da Iniquidade 

É necessário que primeiro venha a apostasia para que, então, surja o homem da iniquidade. Por isso a percepção da chegada da apostasia é tremenda e gloriosa! Neste tempo surgirá o anticristo, o iníquo. E ele conduzirá o mundo para sua destruição, mas não antes que Deus marque na fronte os seus servos. O próprio Espírito Santo já têm revelado o seu nome para alguns, mas ainda não podemos afirmar com certeza quem ele é.

Acerca destas coisas, gostaria de salientar que este homem da iniquidade é apenas um dentre os que terão holofote durante o tempo de tribulação e que são tratados com detalhes no livro de Apocalipse. Antes dele veio e já está entre nós a besta escarlate, que emergiu do abismo, em quem a mulher se assenta e que caminha para a destruição. Mas estas coisas falaremos com mais riqueza de detalhes, tão logo o Espírito de Deus permitir. Quem tem ouvidos, ouça!

 Prepara-te. O arrebatamento vem! 

O Espírito expressa claramente ao nosso espírito que chegamos ao tempo da apostasia. Por isso mesmo, também convém que o homem da iniquidade seja manifesto ao mundo para que todas as coisas que foram profetizadas sejam cumpridas e para que o Filho Varão seja assunto aos Céus.

Neste momento tão urgente da nossa história o Senhor está a porta e bate. Quem ouvir a sua voz, e abrir a sua porta, terá a oportunidade de permitir que Ele adentre sua vida e faça morada em nosso coração. Não se trata de realizar muitas coisas. Trata-se de permitir que Ele entre na sua vida e faça morada através do Santo Espírito. O Deus de toda Terra, que aguarda já há dois mil anos para retornar, permanece sereno e paciente para conosco, os homens de pequena fé. Tudo que Ele deseja é entrar em nossas vidas e ter conosco comunhão. Ele não nos têm pedido muitas coisas, sacrifícios nem coisas do gênero, mas comunhão.

"Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo" Apocalipse 3:20.

 Conclusão 

Perceber estas coisas pode mudar a nossa história. Se você não tem certeza da sua salvação, ou se não compreende estas coisas, cuidado! O Senhor não demora e nem tardará. Voltemos ao evangelho puro, com realidade, poder e santidade. Os insensatos não são assim. São como a palha espalhada pelo vento. E assim, certamente, o serão no Dia da ira do nosso Deus. Os sábios e aqueles que a muitos conduzirem à justiça, serão como as estrelas do céu. E para sempre resplandecerão a glória do Deus todo-poderoso; e seguirão o Cordeiro por onde quer que vá.

Vêm, Senhor Jesus! Toma a tua Noiva, que anela a tua volta. Acendemos à Ti, Cordeiro de Deus, a nossa lampada todas as noites e aguardamos com ansiedade sua iminente vinda. Amém! Aleluia!

Comentários