Quem crer em mim do seu interior fluirão rios de água viva (João 7:38)

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Comentário #Significado #Características #Sermão #Pregação #Mensagem #Palavra #Meditação #Devocional #Catequese #Versículos #Bíblia #Evangelho #Evangélico #Evangélica #Cristão #Cristo #Jesus #Deus #Águas vivas #Templo #Rio de Vida #Do teu interior #Fluirão #Espírito Santo #Cooperadores #Embaixadores

"Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva" João 7: 38.

 Introdução 

Antes de falar qualquer coisa acerca deste texto eu gostaria de pedir perdão à você, leitor. Tenho certeza que não vou conseguir expressar a profundidade e santidade que existe neste tema. Tenho orado por alguns dias pedindo a Deus que me revele estas palavras porque percebi que não é simples compreender as coisas do Espírito. A vida de Deus não cabe na nossa mente caída e por isso eu oro para que Deus revele estas palavras no seu coração e não na sua mente. Que o Espírito de Cristo ilumino o seu espírito e que a revelação do Deus verdadeiro inunde o seu entendimento.

 A visão do Templo 

"Depois disto, o homem me fez voltar à entrada do templo, e eis que saíam águas de debaixo do limiar do templo, para o oriente; porque a face da casa dava para o oriente, e as águas vinham de baixo, do lado direito da casa, do lado sul do altar. Ele me levou pela porta do norte e me fez dar uma volta por fora, até à porta exterior, que olha para o oriente; e eis que corriam as águas ao lado direito.

Saiu aquele homem para o oriente, tendo na mão um cordel de medir; mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos. Mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos. Mediu ainda outros mil, e era já um rio que eu não podia atravessar, porque as águas tinham crescido, águas que se deviam passar a nado, rio pelo qual não se podia passar. E me disse: Viste isto, filho do homem? Então, me levou e me tornou a trazer à margem do rio. Tendo eu voltado, eis que à margem do rio havia grande abundância de árvores, de um e de outro lado. Então, me disse: Estas águas saem para a região oriental, e descem à campina, e entram no mar Morto, cujas águas ficarão saudáveis. Toda criatura vivente que vive em enxames viverá por onde quer que passe este rio, e haverá muitíssimo peixe, e, aonde chegarem estas águas, tornarão saudáveis as do mar, e tudo viverá por onde quer que passe este rio" Ezequiel 47:1-9.

Se queremos entender sobre o que Jesus estava falando neste texto de João precisamos voltar ao livro do profeta Ezequiel. O capítulo 47 descreve uma visão muito interessante. Nela o profeta viu o templo de Jerusalém e do templo fluía água. Uma visão bem estranha! Estas águas que saíram do templo se ajuntaram e formaram um grande rio. E o rio que se formou gerou vida em todos os lugares por onde passou, até mesmo no mar morto!

 Os rios de água viva 

"Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva" João 7: 38.

Sabemos que o antigo testamento aponta para a realidade do novo. Portanto esta visão pode ser entendida como uma profecia acerca da Igreja, o templo de Deus, de onde jorram os rios de vida. Deus não concedeu a Ezequiel apenas uma visão, ele concedeu a Ezequiel conhecer a futura glória da Igreja que procede do Cristo. Glória a Deus! Através do seu templo o Senhor jorra as águas de vida que vivificam toda morte. E por onde quer que este rio passar ele trará vida. Aleluia!

O rio de vida é uma imagem acerca do Espírito Santo que havia de ser entregue a todos aqueles que creem no nome do Senhor. O Espírito Santo é a verdadeira água viva que flui do nosso interior. Não existe outra fonte, não existe outra água tal qual a própria fonte eterna. O Espírito é o próprio Jesus que veio fazer morada em nossos corações. Através do mover do Espírito Santo em nossas vidas o Senhor moverá e vivificará toda a morte. Através de nós, a sua Igreja, o templo vivo do Deus verdadeiro.

 Casa Espiritual  

"[...] também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo" 1 Pedro 2:5.

Sim. Nós somos a casa espiritual do Deus invisível. Somos as pedras vivas, que vivem por intermédio da pedra angular, cortada sem auxílio de mãos e que há esmiuçar todas as nações no dia da ira do nosso Deus. Todas as nações da terra se lamentarão naquele dia e haverá choro e pranto como nunca houve e nem nunca mais haverá. Mas para a sua morada espiritual, a Igreja gloriosa, está guardado o prêmio do seu trabalho.

A Igreja desconhece a sua natureza! Nós desconhecemos quem somos e até a responsabilidade que temos! Nós somos o portal de Deus nesta terra. Somos seus embaixadores nesta terra. Cabe a nós jorrar as águas do templo do Senhor. Ah! Como devemos nos conhecer diante do Senhor! Nós somos o templo de Deus que levará as águas do trono que saram toda morte! Cooperadores do próprio Deus.

Imagine isso: Deus precisa de nós. Nós somos o seu templo, a sua morada. Ele não pode tocar nenhum incrédulo sem que use o seu templo. Por isso nós somos os seus embaixadores e devemos viver como embaixadores nesta terra jorrando a vida de Deus sobre as pessoas. Não tenha medo de jorrar essa vida, meu irmão! Viva na profundidade das águas do Espírito! Foi confiado a nós, homens de pequena fé, conforme o beneplácito da vontade de Deus, o ministério da reconciliação. É nossa a responsabilidade de apregoar a verdadeira salvação. Coisas estas que anjos anelam prescrutar e que foram confiadas à quantos creem em o nomo do seu filho Jesus, a pedra angular. Aleluia!

 A fonte do rio da vida 

"Então, me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro" Apocalipse 22:1.

Infelizmente o que eu vejo é que temos jorrado de tudo, menos o Espírito Santo. Como temos jorrado sujeira uns nos outros! Como a nossa vida não jorra a vida de Deus! Isto acontece porque não buscamos onde convém. A nossa busca deve ter apenas uma fonte: o trono de Deus e do Cordeiro! Se bebermos de outra fonte, saiba que a sua cisterna é rota e apenas retem água podre. Não importa o que seja. Não precisamos de muito mais conhecimento. Precisamos do Espírito Santo! Quando eu escrevo estes textos minha preocupação não é apenas transmitir conhecimento bíblico, mas transmitir aquilo que o Espírito testifica ao meu coração. Porque apenas o que Espírito fala é o que deve ser repetido e ensinado. Ele mesmo é a única Água Viva que flui diretamente do trono de Deus.

Individualmente devemos beber destas águas para que em nós haja a vida eterna. Como está escrito: "Se alguém tem sede, venha a mim e beba". O que precisamos para ter estas águas? Precisamos ter sede. Meu irmão, como precisamos ter sede! Um dos maiores trabalhos do diabo é nos atarefar com muitos ídolos e tomar todo o nosso tempo e assim não oraremos nem iremos ler a palavra da verdade. Tudo isso são os cuidados deste mundo nos maculando e levando para longe de Deus. Mas quando temos fome, então somos saciados. Porque "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos" Mateus 5:6. A justiça aqui não é a justiça humana, mas vida e justiça de Deus. Ou seja, se buscamos a face do Senhor, certamente o encontraremos! Se tivermos sede, certamente seremos saciados!

 Conclusão 

Encontre esta fonte meu irmão! Busque-a de todo o seu coração e com toda sua força! Deixemos de lado a caduquice da letra, que mata, a fim de achar os rios de água viva do Espírito Santo que nos inundam! Vem Senhor! Se nos enchermos destas águas elas irão fluir através de nós para curar todos aqueles que estiverem à nossa volta. Não existe possibilidade das águas do Senhor agirem de outra forma. Onde há o Espírito de Deus ai há liberdade, ou seja, liberdade do pecado, do diabo, de nós mesmo, dos nossos flagelos e doenças. Glória a Deus! Existe liberdade no Espírito Santo! Não pode haver comunhão entre luz e trevas. Somos embaixadores do Pai das Luzes e ele mesmo flui em nós a sua luz. Toda treva e tudo que é maligno deve fugir da nossa presença. Tudo viverá por onde quer que este rio passar. Nada lhe escapa! Louvado seja o nosso Deus!

Tudo isso não depende de mim ou da minha capacidade. Nem mesmo de nossos dons, mas depende das águas do Espírito Santo que estão fluindo diretamente do trono de Deus. Somos apenas os canais de benção e devemos jorrar as águas do trono de Deus. Não deixe o diabo fazer com que você beba de fontes duvidosas. Existe um rio que corre do trono de Deus.

Quem tiver sede, venha e beba!
E quem quiser beber, beba de graça a água da vida!
Vem Senhor Jesus!

Comentários