Eu, Jesus, enviei o meu anjo (Apocalipse 22:16)

#Estudo #Explicação #Esboço #O que é #Estudo de Apocalipse #Apocalipse 22 #Elias #Devocional #Apocalipse #Volta de Jesus #Igrejas #Anjo #Aggelos #Enviado #Trombeta #Tempos do Fim #Espírito de Elias #João Batista #Estrela da manhã

"Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da manhã" Apocalipse 22:16.

Jesus possui algum anjo? Quem são os anjos de Jesus? Esta é a primeira e mais clara questão quando lemos este texto. Outra pergunta também se faz necessária quando lemos este versículo: os anjos testificam alguma coisa às Igrejas?

Sabemos que os anjos de Deus não testificam acerca da salvação. Ainda que os anjos "anelam perscrutar" (1 Pedro 1:12) tais coisas, a ministração e exame detalhado da salvação foi dado primeiro aos profetas, que profetizaram sobre o Espírito de Cristo que haveria de ser manifesto, e que se revelou aos santos da nossa era e iniciando por Pedro, Paulo, João e os outros apóstolos revelaram ao mundo a maravilhosa graça da salvação.

Assim, percebemos que estes tais foram usados por Deus para revelar a Sua santa vontade aos homens. Primeiro através dos profetas, depois através dos santos da antiguidade e agora através da nossa própria vida. Os anjos que Jesus cita neste texto são os filhos maduros de Deus que manifestam a Sua vontade, a Sua volta e o Dia do Juízo de todas as coisas, para que os homens vejam a luz e se arrependam de seus pecados e sejam salvos pela vida de Deus.

O Senhor Jesus, através do Espirito Santo, Ele mesmo têm levantado os seus anjos por toda terra para anunciar a sua volta gloriosa e o julgamento de todas as coisas que há debaixo do céu. Eles testificam sobre todas as coisas que foram escritas no livro da profecia de Apocalipse e se levantam como trombeta para preparar o caminho do Messias.

Assim como João Batista preparou o caminho da vinda do Cristo, assim importa que o mesmo espírito de Elias, que encheu a vida de João Batista, seja manifestado antes da volta de Jesus e do grande Dia do julgamento de todas as coisas. O espírito de Elias irá preparar o caminho do Senhor para a sua volta gloriosa e tremenda. Nós, como filhos do Deus vivo, devemos nos dispor a vontade de Deus para anunciar a sua volta.

Vivemos em tempos de grande urgência quando a volta do Senhor é iminente e certa! Não devemos mais viver como vivem aqueles que estão debaixo do julgo deste século, antes devemos nos santificar a ponto de expressar a grande glória da vinda do nosso Deus. O tempo é chegado em que o Espírito de Deus se manifestará a todos os homens. O tempo é cumprido. Assim como nos tempos de João Batista devemos nos voltar aos desertos para pregar o arrependimento a fim de que os homens sejam salvos e vejam a tremenda luz da glória de Deus, a brilhante estrela da manhã, que vem pairando sobre os montes.

Assim diz o Senhor:
"Certamente, venho sem demora" Apocalipse 22:20. Amém! Vem Senhor Jesus!

Comentários