A parábola da Candeia (Marcos 4)

#Evangelho de Marcos #Marcos 4 #Capítulo 4 #Estudo #Estudo de Marcos #Evangelho de Marcos #Livro de Marcos #Bíblia #Parábola #Candeia #Explicação #Esboço #O que é #Comentários #Sob o alqueire #Velador #Quem tem ouvidos #Vida #Oração #Equilíbrio

"Vem, porventura, a candeia para ser posta debaixo do alqueire ou da cama? Não vem, antes, para ser colocada no velador? Pois nada está oculto, senão para ser manifesto; e nada se faz escondido, senão para ser revelado. Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça" Marcos 4:21-23.

Antes de ler medite no texto sobre as Parábolas de Jesus.

 O que é a Candeia? 

Chegamos a segunda parábola do capítulo 4 de Marcos, que é a Parábola da Candeia. Esta é uma das parábolas que, em geral, são incompreendidas por nós crentes. A compreensão deste texto, entretanto, é um tanto quanto simples, quando percebemos aquilo que o texto deseja transmitir. Vejamos.

Antes de mais nada uma pergunta válida é: o que é uma candeia? A candeia é um vaso ou uma vasilha que era prendido no alto nas paredes para iluminar a casa. Devemos lembrar que nesta época não havia energia elétrica, assim as pessoas deviam usar este tipo de iluminação para iluminar suas casas durante a noite.

Se fôssemos pensar em nosso tempo podemos imaginar uma lâmpada normal. Se a luz do lugar onde você está estiver acessa, veja que provavelmente ela está no teto deste lugar. Assim é esta palavra. O que Jesus está dizendo é que não faz sentido colocar uma lâmpada no chão ou debaixo da cama, pois assim ela não irá iluminar a casa.

 Entendendo a parábola 

Uma das coisas que eu observei quando fui meditar nesta parábola é que este texto foi colocado logo após a parábola do Semeador no livro de Marcos e também no livro de Lucas (Lucas 8:16). Certamente essa 'coincidência' não é em vão. A parábola da Candeia está dando continuidade no discurso de Jesus sobre uma característica da parábola do Semeador que estudamos no texto Parábolas de Jesus.

Nesta parábola a luz da candeia somos nós os crentes e o lugar que iluminamos é o mundo. Isso é claro quando lemos o texto de Mateus. No capítulo 5 de Mateus, Jesus também cita a parábola da Candeia e no versículo anterior ele menciona o seguinte: "Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte" Mateus 5:14. Este é o ponto principal para compreendermos essa parábola.

Quando lemos este texto sobre as parábolas entendemos que Jesus falava por parábolas para que os seus ouvintes não pudessem chegar ao conhecimento da verdade. E não só por esta parábola, mas em muitas passagens da palavra Jesus não se manifestava aos homens. Por muitas vezes Jesus curou as pessoas pedindo-lhes que nada dissessem a seu respeito. Isto no mostra que, apesar de Jesus ser a própria luz, ele não veio para se manifestar abertamente ao mundo. Este trabalho foi dado à igreja. Nós, através do Espírito Santo, somos a luz do mundo.

Quando Jesus fala que "[...] nada está oculto, senão para ser manifesto" ele está dizendo que o Reino de Deus estava velado a judeus e gentios, mas que este reino seria manifestado pelos apóstolos a partir do pentecoste. Temos que lembrar que no momento em que falou estas coisas Jesus ainda não havia sido morto e o Espírito Santo ainda não habitava o homem. Ele mesmo disse aos discípulos: "vós sois somos a luz do mundo" e não se pode esconder uma cidade edificado sobre um monte, pois ela mesma ilumina todos que estiverem à sua volta.

Assim a parábola da Candeia nos revela que o que Jesus pregava em oculto foi pregado em oculto para ser revelado pela cidade espiritual, a Igreja que procede dele mesmo o Cristo. Jesus veio revelar ao mundo a Luz para que a Igreja manifestasse esta luz no mundo.

 Conclusão 

É muito interessante perceber como estas coisas são reais quando analisamos a história da Igreja antiga. Quando em vida Jesus pregou para alguns poucos discípulos, mas quando morreu e ressuscitou a luz que nele habitava logo se expandiu para todo o mundo antigo. Era a candeia que estava sendo posta no valedor para iluminar o mundo com a sua glória. Tudo que Jesus fez em oculto ele fez para que um dia fosse revelado, porque é na Igreja que o reino de Deus foi estabelecido e completo. Glória a Deus!

Comentários