O que é o pecado?

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Significado #Comentário #Meditação #Devocional #Bíblia #Escritura #Jesus #Deus #Evangelho #Sermão #Meditação #Palavra #Devocional #Princípios #Fundamento Cristão #Lei #Pecado #Transgressão

O tema de hoje na sequência dos fundamentos cristãos é: O que é o pecado? Este tema, apesar de extenso e variado, é um tema central na vida cristã. Compreender o pecado e saber lidar com erros e acertos é vital para uma vida vitoriosa. Certamente não tentarei esgotar o assunto, mas apenas levantar os pontos principais sobre este tema.

"Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; pois, o pecado é a transgressão da Lei" 1 João 3:4.

O versículo que iremos utilizar para este tema é encontrado na primeira epístola de João, que por sinal, é um dos livros que melhor trata deste assunto. Nos texto deste versículo encontramos dois pontos que merecem nossa atenção.

O primeiro ponto diz respeito a prática do pecado. Algumas traduções trazem este versículo como alguém que comete pecado. Entretanto todos nós que estamos vivos e habitamos em corpos mortais, estamos sujeitos ao pecado todos os dias. Então não faria sentido dizer que nunca mais pecaríamos. A melhor tradução, portanto, passa a ideia daquele que pratica o pecado. Que vive sob o julgo do pecado e não o consegue subjugar.

O segundo ponto diz respeito a transgressão da Lei. A tradução deste termo "transgressão da Lei" pode também ser encontrado como injustiça, rebeldia, iniquidade, ilegalidade, etc. Porém, a ideia de que o texto tenta passar não é apenas acerca da Lei de Moisés. Essa injustiça ou transgressão é fugir à justiça de Deus, buscando alternativas a vontade do Pai. É uma rebelião que cometemos, ainda que saibamos que não é o correto; ainda que em nosso espírito o Senhor a todo tempo nos avise.

O pecado, portanto, pode ser entendido como esse ato rebelde que conscientemente fazemos contra a vontade de Deus, seja ela bíblica ou revelada pelo Santo Espírito. E entenda a consciência como habilidade de ouvir o Senhor. Porque até mesmo a nossa consciência é caída e pecaminosa. Se prestamos a devida atenção ao que o Espírito Santo nos adverte ouviremos claramente a Sua voz nos direcionando acerca do pecado. Mas se vivemos uma vida regalada e sem atenção a vida espiritual seremos como cegos tropeçando naquilo que não enxergamos.

Comentários