Perdão pela Fé (Marcos 2)

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Significado #Sermão #Pregação #Bíblia #Meditação #Devocional #Evangelho #Evangelho de Marcos #Capítulo 2 #Marcos 2 #Marcos capítulo 2 #Livro de Marcos #Estudo de Marcos #Evangelho de Marcos #Fé #Perdão #Perdão pela fé #Perdão de pecados #Graça

“Alguns foram ter com ele, conduzindo um paralítico, levado por quatro homens. E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o eirado no ponto correspondente ao em que ele estava e, fazendo uma abertura, baixaram o leito em que jazia o doente. Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Filho, os teus pecados estão perdoados” Marcos 2:3-5.

Este texto de Marcos é lindo. No estudo anterior nós percebemos que as pessoas se amontoavam para ver e conhecer Jesus, que lhes anunciava a palavra. Neste ambiente aparecem algumas pessoas carregando um paralítico. Imagino que eles tenham tentado entrar pela porta, que estava abarrotada de pessoas. Ao verem a possibilidade de se aproximar de Jesus, não hesitaram em usar o telhado.

Pode parecer uma atitude simples, mas não é. Se queremos encontrar o Senhor Jesus não podemos medir esforços. Não podemos usar nosso padrão de educação, etiqueta ou cultura para encontrá-Lo. Se fizermos isso corremos o perigo de ficar sempre à porta e nunca entraremos, de fato, onde Jesus se encontra.

Esse esforço, essa vontade, essa gana; isso é fé. A fé não se baseia naquilo que entendemos como padrão para definir nosso caminho, mas ela está firme na rocha da confiança em Cristo Jesus em todos os aspectos da nossa esperança. Crer naquilo que Jesus pode operar por nós, ainda que Jesus perdoe nossos pecados ao invés de nos curar. Certamente aquele homem queria ser curado, e quantos de nós não queremos? Mas na maior parte das vezes o que precisamos não é da cura do corpo, mas do perdão. Essa semana nós aprendemos que o pecado gera a morte [leia aqui]. Essa morte é a morte espiritual, mas também é a morte física, a morte do corpo.

A fé daqueles homens comoveu o Senhor. E por isso Jesus disse que os seus pecados estavam perdoados. A fé que eles tinham em Jesus era tamanha que gerou graça aos olhos do Senhor, que perdoou seus pecados. Jesus poderia ter dito: “Filho, seja curado”, e ele certamente seria. Mas preferiu dizer: “Filho, estão perdoados seus pecados”. Ele sabia da real necessidade daquele homem, assim como ele sabe da nossa real necessidade. Necessitamos ser perdoados por Deus, cada de um nós, a cada dia. Não importa se somos crentes frequentadores de igreja. A verdade é que nas igrejas existem muitos paralíticos, coxos, leprosos... Precisamos da fé verdadeira para que alcancemos o perdão do Senhor. Assim seremos limpos e curados de verdade.

Comentários