Como Deus executa os Seus decretos?

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Significado #Bíblia #Escritura #Jesus #Deus #Evangelho #Sermão #Meditação #Palavra #Devocional #Princípios #Fundamento Cristão

O tema do ensino de hoje é: Como Deus executa os Seus decretos? Veremos como Deus executa os seus planos, desejos e a Sua vontade. 

Uma das formas das quais Jesus executou seus decretos foi na obra da criação de todas as coisas. Vejamos o texto de Apocalipse: "Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas" (Apocalipse 4:11).

Esse texto nos mostra que a vontade de Deus é, era e ainda há de vir. O Senhor é digno de receber glória, não apenas por Sua grande obra de criação, que nos proporcionou vida. Mas porque ainda são, segunda a Sua vontade. Ele mesmo sustém todas as coisas com o poder da sua palavra (Hebreus 1:3). 

A providência de Deus, a todo momento, também demonstra que Deus executa cabalmente os seus decretos e a sua vontade. Vejamos mais um texto, agora em Daniel: "E todos os moradores da terra são reputados em nada, e segundo a sua vontade ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: Que fazes?" (Daniel 4:35).

O Senhor é um Deus soberano e que opera poderosamente sobre nós. Ele não opera apenas sobre os moradores da Terra, mas também nos exércitos dos Céus. Tudo está sobre o seu comando e Ele a tudo domina. Nós somos nada. As miríades celestes são nada, porquanto é Nele que tudo subsiste e permanece para sempre. Assim Ele cumpre a Sua vontade, que é perfeita e completa. E a cumprirá até o Seu grande Dia, quando Ele vier buscar os que são seus.


Comentários