O testemunho de Deus (1 João 5:9-10)

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Comentário #Significado #Sermão #Pregação #Mensagem #Palavra #Meditação #Devocional #Catequese #Versículos #Bíblia #Evangelho #Evangélico #Evangélica #Cristão #Cristo #Jesus #Deus #1 João #Estudo 1 João #Carta de João #Epístola de João #Carta #Epístola #Testemunho de Deus #Testemunho #Filho

"Se admitimos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior; ora, este é o testemunho de Deus, que ele dá acerca do seu Filho. Aquele que crê no Filho de Deus tem, em si, o testemunho. Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca do seu Filho" 1 João 5:9-10.

Tenho lido e meditado a primeira carta de João já há algum tempo. Hoje, lendo o capítulo 5 dessa carta, percebi um texto que não havia compreendido até então. O apóstolo João nos remete a revelações muito profundas sobre a vida com o Senhor, mas ao mesmo tempo ele não se afasta do aspecto prático dessa vida. O que ele nos diz nesses dois versículos acima é uma prova disso.

Aqui João está tratando especificamente sobre a relação entre o testemunho de Deus e o testemunho dos homens. Esse 'testemunho' é como aquela testemunha que presenciou algum acontecimento e que chega-se diante de um juiz para reportar o que viu. E é bom entender que Deus também testemunha em nossos corações.

Mas o que isso muda na minha vida de forma prática? A primeira afirmação que se faz é a seguinte: "o testemunho de Deus é maior". Muitas pessoas vivam suas vidas como se essa afirmação fosse alguma coisa como: "o testemunho dos homens é maior". Hoje em dia as pessoas dão ouvidos à muitas visões, opiniões e testemunhos, enquanto deveriam ouvir um testemunho ainda maior do Pai. Isso não quer dizer que não podemos ouvir os homens, entretanto não podemos basear nossa vida naquilo que ouvimos dos homens.

Temos que nos lembrar que nós já temos a unção e não é necessário que alguém nos ensine, porque a unção em nós nos ensina todas as coisas. Se nós cremos no Filho de Deus temos em nós mesmos o testemunho. Não carecemos de um testemunho novo e moderno, e nem mesmo de uma revelação muito elevada para possuirmos o testemunho, pois ele já habita em nossos corações.

O grande problema desse texto, entretanto, é não crer no testemunho de Deus. Quando colocamos a nossa vida baseado em palavras e testemunhos de homens fazemos de Deus mentiroso, pois não cremos no testemunho que Ele nos dá acerca de seu filho. Substituímos, assim, a unção poderosa do Senhor por qualquer outra coisa vazia e sem poder em si mesma.

Hoje vemos uma derrocada de grandes revelações, novas formas de reunir, novas liturgias e formatos diferentes que estão, aos poucos, atraindo multidões. Não existe problema em repensar as formas que a igreja se reúne, suas liturgias, ou tentar entender alguma coisa da palavra. Entretanto a forma como muitos tem buscado essas coisas não é a ideal. Não adianta lermos 1000 livros ou mudarmos todas as liturgias da reunião ou culto se não possuirmos a unção de Deus e o testemunho de Jesus em nossas vidas. Quando baseamos nossas vidas no testemunho dos homens fazemos de Deus mentiroso, pois seu testemunho é maior.

Comentários