Estudo de Mateus - Mudança de atitude (Mateus 3)

#Estudo #Explicação #Esboço #O que é #Significado #Comentário #Sermão #Pregação #Meditação #Bíblia #Evangelho #Devocional #Livro de Mateus #Estudo de Mateus #Evangelho de Mateus #Arrependimento #Reino dos Céus #Mateus 3 #Capítulo 3 #Conversão #Mudança de atitude #Como se converter #Mudar de vida

"Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judeia e dizia: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus" Mateus 3:1-2.

Na última parte deste estudo (Estudo de Mateus - Arrependei-vos) vimos que o arrependimento vai muito além de um simples remorso. O arrependimento é atitude que tomamos para mudar o curso da minha vida. Ele é uma decisão que devemos tomar para que vivamos a plenitude do Reino de Deus.

Hoje veremos o complemente da vida de arrependimento, a mudança de atitude que deve continuar acontecendo mesmo depois que nos convertemos e nos arrependemos da nossa antiga forma de agir.

Entender esse ponto básico e simples é vital para entendermos a diferença que existe quando nos arrependemos. Muitos cristãs se arrependem e se convertem, mas não mudam sua atitude, por isso costumam andar derrotados pelo diabo e por suas carnes. Para vencer todas as coisas devemos mudar nossa atitude depois da nossa conversão. Veja abaixo a diferença:

A antiga atitude: Rebelião e Independência

"[...] entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais" Efésios 2:3.

Outrora, quando andávamos no curso deste mundo, nossa vida estava sujeita a nós mesmos e nós fazíamos aquilo que agradava a nossa carna e a nossa própria vontade. Esse tipo de atitude é uma atitude daqueles que estão condenados e que não conhecemos a graça do nosso Deus. Reflete toda a sua rebelião e independência contra Deus.

Muitas pessoas do mundo dizem que são boas por 'não fazer mal a ninguém'. Elas se enganam, pois fazem mal a elas mesmas. Quando nos afastamos de Deus e damos ouvidos aos nossos desejos estamos destruindo as nossas vidas com as nossas próprias mãos.

Nós fomos criados por Deus a para reter a glória de Deus. Quando vivemos alheios a vida do Senhor e independentes da Sua vontade a nossa vida perde seu valor e função. É por isso que muitas pessoas do mundo acabam se suicidando, pois a vidas delas não tem mais sentido.

Mas essa vida mesquinha e individualista também pode ser verificada mesmo entre muitos cristãos. Isso acontece, pois os pastores perderam o interesse de ensinar os irmãos que eles devem mudar sua vida. Na maioria, eles temem perder os fiéis e o precioso dízimo, que mantém os ministérios. Quando falamos a palavra pura a maioria das pessoas não consegue suportar e acaba se escandalizando. Entretanto, nem mesmo jesus tirou o peso de sua palavra para o discípulos, que o seguiram ainda assim, pois só ele 'tem palavra de vida eterna'.

A nova atitude: Submissão a Deus e Dependência

"Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer" João 15:5.

O contrário da vida de rebelião e independência é a submissão a Deus e a dependência Dele. Nesta vida somos todos ramos da videira que é Jesus e dependemos da seiva que ele nos dá para poder fazer tudo. Muitas pessoas na vida da Igreja não se dão conta que devemos submeter nossa vida inteiramente a Deus e depender dele em todos os sentidos. Essa submissão e dependência não é falácia, mas deve ser uma prática viva para nós.

Se não nos submetemos a Deus, certamente somos insubmissos. E se somos insubmissos, então estamos ainda muito distantes da realidade de vida que Deus tem para nós. Igualmente, se não dependemos de Deus, certamente a nossa vida é baseada apenas em nós mesmos e não irá subsistir. Nessa nova vida devemos nos submeter a vontade de Deus e depender apenas do agir de Deus em todas as coisas.

Para caminhar assim um atributo que devemos ter é a paciência. Na maioria da vezes que vamos ao Senhor em oração sua resposta para nós é 'não'. Devemos aprender a ouvir os 'não' de Deus para que Ele nos guie para as águas tranquilas e para os pastos verdejantes.

Se desejamos trilhar esse caminho, devemos permanecer em Cristo, pois sem ele não podemos fazer coisa alguma.

Posts Recomendados

Comentários