Reconhece-o em todos os teus caminhos (Provérbios 3:6)

#Estudo #Explicação #Esboço #O que é #Significado #Comentário #Meditação #Devocional #Bíblia #Livro de Provérbios #Provérbios de Salomão #Conhecimento #Provérbios #Não te estribes #Confia no Senhor #Reconhece-O #Endireitará tuas veredas

"Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas" (Provérbios 3:6).

Esta é um texto em continuidade à reflexão do versículo anterior (Provérbios 3:5) que postamos também aqui no blog (Não te estribes no teu próprio entendimento). Para entender melhor, leia a primeira parte depois leia também este texto.

No texto anterior nós percebemos que não devemos nos estribar no nosso entendimento, pois somos humanos, falhos e não possuímos todo o entendimento. Uma vez que nosso entendimento é falho, podemos errar. Deus, por outro lado, é a fonte eterna de vida, sabedoria e entendimento e nele não há sombra de dúvida ou vacilação. Deus é perfeito e toda a Sabedoria pertence a Ele.

Se formos sábios o suficiente perceberemos a grandeza desse Deus e submeteremos a nossa vida e todos os nossos caminhos à Ele. Se Deus é tão maravilhoso, não haverá outro resultado em nossa vida a não ser uma vida reta. Deus certamente endireitará o nosso caminho se nos dispormos a Ele.

Mas como reconhecê-Lo nos meus caminhos? Essa é uma expressão pouco usada no português e por isso é possível que não consigamos compreendê-la completamente. O que Salomão quer dizer com isso é que devemos conhecer e aceitar o direcionamento de Deus específico em todas as áreas da nossa vida. Se reconhecemos que somos falhos, então é possível falharmos quando vamos tomar uma certa decisão individualmente sem consultá-lo. Mas se reconhecermos o Senhor em nossos caminhos nós buscaremos compreender qual é a vontade Dele e aceitar toda sabedoria e direcionamento que ele tiver para minha vida.

Devemos entender que servimos uma pessoa viva, que é Deus. Perdemos a noção que Deus vive, porque em nossa comunhão com Ele não sabemos mais como ouvi-Lo. Estamos cheios de pecado e não queremos nos arrepender deles, assim não nos achegamos a Deus. Se estamos assim certamente não podemos ouvi-Lo, Precisamos nos arrepender no pó e na cinza para ouvir a voz da sabedoria do nosso Deus. Caminhar assim ditará se minha vida será reta ou tortuosa.

Comentários