A cura de uma mulher enferma (Marcos 5)

#Evangelho de Marcos #Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Significado #Comentário #Marcos 5 #Evangelho #Meditação #Devocional #Bíblia #Capítulo 5 #Estudo de Marcos #Evangelho de Marcos #Livro de Marcos #Fluxo de sangue #Mulher enferma #Mulher do fluxo de sangue #Toque #Fé

Leitura: Marcos 5:24-34; Romanos 1:16;

"Aconteceu que certa mulher, que, havia doze anos, vinha sofrendo de uma hemorragia e muito padecera à mão de vários médicos, tendo despendido tudo quanto possuía, sem, contudo, nada aproveitar, antes, pelo contrário, indo a pior, tendo ouvido a fama de Jesus, vindo por trás dele, por entre a multidão, tocou-lhe a veste. Porque, dizia: Se eu apenas lhe tocar as vestes, ficarei curada" Marcos 5:25-28.

 Introdução 

O contexto que envolve a cura da mulher enferma é bem simples. Após curar o endemoniado gadareno, Jesus voltou a atravessar o mar da Galileia e logo afluiu uma grande multidão para ele. Dentre estes Jairo, que lhe convidou para visitar sua filha que estava doente. Jesus concordou com ele e todos partiram para onde estava a menina (conforme estudo postado na semana passada, clique aqui para ler). No caminho para este lugar, a multidão cercou Jesus e seus discípulos e o espremiam para o poder ver e tocar.

 Poder para curar 

"Jesus, reconhecendo imediatamente que dele saíra poder, virando-se no meio da multidão, perguntou: Quem me tocou nas vestes?" Marcos 5:30.

No meio da multidão havia uma mulher que sofria há muitos anos com um fluxo de sangue e que havia gastado tudo que possuía para tentar se curar, sem ser possível. Ela se decidiu a apenas tocar nas vestes de Jesus para ser curada e assim aconteceu e ela foi curada.

O poder de jesus era tamanho e o Espírito de Deus se movia com tanta liberdade nele que ao tocar nas suas vestes esta mulher foi curada. Este poder para curar não advém da natureza divina de Jesus, mas da comunhão que ele tinham com seu Pai, como vimos em algumas ocasiões (clique aqui para ler sobre a vida de oração de Jesus).

Eu fico muito incomodado com o fato dessas coisas não serem comuns em nosso tempo. Isso demonstra que somos uma geração que ora pouco e que não se arrepende do seu pecado. Apesar da grande quantidade de cristãos que vemos no Brasil, pouco deles vive a prática e sinceridade da vida com Deus como fazia Jesus. Se assim fosse, não haveria mais coxos, doentes, cegos ou qualquer doença nas igrejas evangélicas. Esta é uma reflexão que deve ser feita, pois certamente existe algo errado.

O evangelho de Jesus é poderoso para salvar o doente, para ressuscitar o morto, para reavivar toda uma Igreja, para libertar os oprimidos pelo Diabo. O evangelho de Jesus é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê (Romanos 1:16). Se a nossa alma está abatida, o Senhor tem poder para nos curar; se nosso corpo está debilitado, então o Espírito do Senhor nos curará; se não temos comunhão com Deus em espírito, podemos nos arrepender para que Deus seja completo em nossa vida.

 A fé que te salvou 

"E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz e fica livre do teu mal" Marcos 5:34.

Apesar de perceber o grande poder de Jesus neste texto, percebemos um detalhe no final do texto. Jesus disse que o que a havia salvado não era o seu próprio poder, mas a fé desta mulher.

A fé é o princípio básico na vida com Deus e baseados e arraigados nesta fé seremos curados das enfermidades, seremos feitos filhos de Deus, seremos arrebatados com Cristo, seremos vitoriosos e apresentados como filhos ilibados de Deus diante do trono branco no grande e maravilhoso Dia do Senhor. Porque todos que cremos no Filho de Deus, somos filhos da promessa e filhos de Abraão. E assim como Abraão, aguardamos a promessa da redenção de Deus que ainda há de se manifestar. E se do alto aguardamos a nossa redenção, então devemos ter fé para que Deus complete a sua obra. Sem fé é impossível servir um Deus invisível.

Assim, somos todos filhos e herdeiros com Cristo, radicados e baseados nas próprias palavras de Jesus e dos apóstolos e profetas, de quem (Jesus) aguardamos, com fé inabalável, a redenção eterna. Veja que a fé é muito mais do que importante. Ela tem poder para nos curar, salvar e livrar de todo mal. É nesta fé que devemos caminhar. A fé que Cristo é suficiente para nos livrar e limpar e curar de todo mal.

Comentários