A ti, SENHOR, elevo a minha alma (Salmo 25:1)

#Alto #Santidade #Salmos #Salmo 25 #Céus #Estudo Salmos #Luz #Elevo minha alma #Explicação #Esboço #Estudo #O que é #Sermão #Pregação #Meditação #Devocional


"A ti, SENHOR, elevo a minha alma" (Salmo 25:1).

Hoje eu gostaria de lhe convidar a elevar a sua alma ao Senhor. Vivemos em um tempo em que a vida com o Senhor é academicista e morta, mas vemos Davi, homem segundo o coração de Deus, elevando sua alma ao Senhor. O que isso significa?

Na verdade eu não faço ideia da forma como explicar isso com meras palavras. É um sentimento, uma força, um desejo intenso que arde em nossa vida pelo nosso Pai, o Deus de Israel. É como a terra seca sedenta por água. É como uma árvore que estende suas raízes para o ribeiro a fim de saciar a sua sede. Que o Espírito lhe esclareça o que eu quero te transmitir.


O Senhor é uma fonte eterna de Justiça e glória. Nele não há trevas nem sobra de dúvida ou engano. Ele habita em uma luz que não pode ser imaginada pela nossa mente caída. A sua habitação é perfeita. Ele governa no monte santo do Senhor, governa sobre todos os montes e ilhas, terras e planícies sobre todo animal e sobre a terra. Domina sobre os homens e sobre todos os anjos no Céus.


Para ter comunhão com esse Deus tão elevado nós precisamos elevar nossa alma, conforme fala o Salmo 25. Aqueles que colocam seus olhos nas coisas desta terra terão recompensas terrenas, mas aqueles que colocam seus olhos no alto, receberão uma recompensa que nunca lhes será tirada, eternamente.


Por isso eu gostaria de te convidar. Eleve seus olhos para os altos. O nosso socorro não vem desta terra, mas do trono de um Deus de maravilhas. Do braço de um Deus glorioso. Do Seu santo Espírito que brada sobre sua Igreja. Que possamos ouvir sua voz enquanto é tempo.




Comentários