Descanso em Deus (Hebreus 4)

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Comentário #Significado #Sermão #Pregação #Mensagem #Palavra #Meditação #Devocional #Catequese #Versículos #Bíblia #Evangelho #Evangélico #Evangélica #Cristão #Cristo #Jesus #Deus #Vinde a mim #Meu fardo é leve #Repouso de Deus #Meu jugo é suave #Descanso Sabático #Descansar em Deus #Estudo sobre descanso

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve" Mateus 11:28-30.

 O Descanso de Deus 

O quarto mandamento que Deus deu ao seu povo durante o Êxodo no deserto foi o de santificar o sábado, sétimo dia da semana, não realizando nenhum trabalho neste dia (Êxodo 20:8-11). O Senhor fez os céus, a terra, o mar e tudo o que neles há em seis dias e descansou de suas obras no sétimo. Ao ordenar ao seu povo que agisse da mesma forma Ele estava mostrando que havia ainda um descanso para seu povo.

Entretanto, o descanso que Ele promete é ainda maior e melhor do que simplesmente repousarmos de nossos trabalhos no sábado, como ensina a Lei de Moisés. O descanso no sábado, da velha aliança, nada mais é do que uma figura daquilo que havia de se manifestar em Jesus, pois é em Cristo que o Pai nos oferece, enfim, um verdadeiro descanso para a alma, como vemos em Mateus 11:28-30:

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve".

Este texto nos mostra que Deus é misericordioso o bastante para acolher todos que se sentem cansados e sobrecarregados. Nossa vida pode estar cheia de fadigas, pecados e morte espiritual. E não importa se somos pecadores, prostitutas, leprosos, pobres, ricos, cegos ou coxos. Não importam os motivos que causam o nosso cansaço, pois Jesus se aproxima dos que o buscam com sinceridade e fé.

Quando descansamos no Senhor descobrimos uma paz e uma alegria que não se traduzem em palavras, que não depende das circunstâncias e que vai muito além do nosso entendimento. Assim, mesmo que passemos por dias difíceis ou que estejamos cheios de tarefas, nós podemos, pela fé, descansar em seus braços.

 Entrar no Descanso 

Àqueles que já experimentaram desse amor e o conhecem verdadeiramente, um novo desafio é proposto: permanecer no descanso do Senhor dia após dia. Diferentemente do que podemos pensar nós, os que cremos, também devemos descansar das nossas obras. E esse descanso contínuo nele nos exige esforço, veja:

"Esforcemo-nos, pois, por entrar naquele descanso [...]" Hebreus 4:11.

Este, certamente, é um versículo (aparentemente) confuso! Como podemos nos esforçar para entrar neste descanso? Será que a bíblia está equivocada? Certamente não. Na verdade este é o versículo que melhor explica como podemos alcançar este descanso na Nova Aliança.

Este esforço tem um objetivo bem claro, que é exposto no versículo anterior:

"Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus das suas" Hebreus 4:10.

Para entrar neste descanso devemos descansar das nossas obras, assim como Deus descansou das suas próprias. Apenas descansando das nossas obras seremos capazes de entrar neste descanso. E é exatamente aí que reside toda a problemática do descanso. 

Para exemplificar, veja que a palavra trata do homem como vasos de barro (Isaías 64:8). Para que nós possamos encher estes vasos com o óleo do Espírito de Deus, nós devemos, antes de mais nada, esvaziar o vaso. Do contrário não seremos capazes de encher estes vasos, pois eles já estão cheios de muitas coisas.

 O Descanso na prática 

Na prática descansar em Deus significa abrir mão das minhas vontades, desejos e mesmo das minhas escolhas. Esta é a primeira parte.

A segunda parte é mais difícil. Não adianta apenas abrir mão das nossas escolhas e desejos se você não tomar uma decisão consequente. A ausência de escolha não significa que você está descansando em Deus. Essa ausência de escolha, é, na verdade, uma escolha no fim das contas. É a escolha de não escolher. É como se você escolhesse ficar em cima do muro. E esse não é o caminho. 

Se queremos realmente descansar em Deus, além de abrir mão dos nossos desejos, vontades e escolhas, devemos buscar o Senhor INTENSAMENTE, a fim de compreender a vontade de Deus para nossa vida. Este é o verdadeiro descanso revelado pela palavra.

Muitos irmãos não acreditam que Deus deseja governar inteiramente nossa vida. Infelizmente este ensino é muito comum. Entretanto, Deus não deseja apenas nos governar, Ele deseja governar todas as escolhas da nossa vida. Nas coisas mais simples às mais complexas. Do nosso modo de serviço a Deus, à nossa relação com os irmãos da Igreja. Ele precisa ser o cabeça em todas as cosias.

Isto não significa que em todas as questões nós devemos buscar o Senhor em orações e jejuns, apesar de que isso seria muito positivo. Houve certo momento em minha vida que eu perguntava a Deus sobre cada questão da vida e das atitudes, até que certo dia o Senhor me disse: "Por quê você está me perguntando isso? Eu já não te dei a minha palavra?". A bíblia não pode ser apenas um livro aberto no meio da sala, ela precisa ser o nosso guia de vida. E para todas as nossas dúvidas, podemos orar ao Senhor e buscá-Lo que ele certamente irá responder nossas orações.

E é por todas estas coisas que devemos nos esforçar para entrar neste descanso, abrir mão das minhas escolhas e buscar a vontade de Deus sobre a minha própria vida. No fim das contas vemos que isso traz descanso para a nossa alma, pois o julgo do Senhor é suave e o seu fardo é leve.

 Manso e humilde 

Uma das coisas que devemos entender neste texto de Mateus 11 é o fato de Jesus mencionar que é manso e humilde. Essa característica de Jesus é uma das principais características que devemos observamos para entrar neste descanso. Ser manso e humilde significa que seremos pessoas conduzidas. a mansidão é uma das características mais importantes neste sentido. Ser manso significa que poderemos ser conduzidos pelo Espírito Santo por onde quer que ele queira nos conduzir.

Comentários