A autoridade do Filho do Homem (Marcos 2)

#Estudo #Esboço #Explicação #O que é #Significado #Sermão #Pregação #Bíblia #Meditação #Devocional #Evangelho #Capítulo 2 #Marcos 2 #Marcos capítulo 2 #Livro de Marcos #Estudo de Marcos #Evangelho de Marcos #Fé #Perdão #Perdão pela fé #Perdão de pecados #Graça #Filho do homem #Autoridade #Autoridade de Jesus

"Para que saibas que o Filho do homem tem autoridade sobre a terra para perdoar pecados: disse ao paralítico: levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa” Marcos 2:10-11.

Leitura: Marcos 2:8-12

A autoridade do Filho de Deus foi manifesta a todos os homens. Este texto de Marcos mostra como Jesus era de fato o Messias que devia vir ao mundo, o Filho de Deus. Vimos, há algumas semanas, que Jesus não curou o paralitico quando este chegou para ter com ele. Antes ele perdoou seus pecados. Aqui nós passamos a compreender o motivo deste ato. Jesus queria demonstrar que Ele mesmo era o Filho de Deus, cheio da autoridade celestial de Deus para perdoar os pecados.

Este servo desprezado pela religião era o próprio Deus encarnado. Por fora Ele tinha semelhança e a figura de um homem, e mesmo a forma de um servo, mas, por dentro, era Deus (Filipenses 2:6-7). Nesse episódio das Escrituras, embora como Deus perdoasse pecados das pessoas, Ele também afirmou ser o Filho do homem. Isto indica que Ele era o verdadeiro Deus e um homem autêntico, que possuía a Deidade mas também a humanidade. Nele, os homens podiam tanto ver os Seus atributos divinos como as suas virtudes humanas.

Jesus é o Deus encarnado, o Filho do Homem. Deus, que se fez carne por amor aos homens. Ele não era um espírito desenvolvido nem mesmo uma assombração, mas era carne como eu e você.

A palavra desse homem perfeito era poderosa a ponto de perdoar pecados e de curar enfermos. No momento em que Jesus ordenou ao homem que se levantasse, o homem se levantou e foi para sua casa. Não entendemos as maravilhas de Deus, pois não ouvimos a sua voz nem temos fé nas suas palavras. Para Deus não existe impossíveis, nem fácil e nem difícil. Existe o cumprimento da sua santa vontade. E para cumprir sua vontade ele deseja que seus filhos creiam nas suas palavras e tenham fé neste poder incrível que Ele tem, tanto para nos perdoar os pecados quanto para curar nossas enfermidades.

Se Jesus enquanto carne tinha tamanha autoridade, quanto mais agora vivendo dentro de cada um de nós, a Sua Igreja aplicará Sua autoridade no mundo. Esta autoridade foi conferida a nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.

Comentários